Banda independente: ignore conteúdo ruim e faça um favor à cena

conteudo ruim rock independente

Quer ajudar uma banda autoral independente ou qualquer manifestação artística original? Então comece a ignorar conteúdo ruim na internet.

Isso mesmo, quanto mais atenção você dá para conteúdo ruim, você contribui para mais exposição de celebridades do momento, caçadores de fama ou astros da questionável indústria pop.

E o que é conteúdo ruim? Sabe aquelas notícias sobre a funkeira do momento, os Big Brothers da vida, ou mesmo aquela notícia sobre a banda que você gosta que está cansada de saber que não irá se reunir novamente, mas que as “revistas especializadas” insistem em dizer com “exclusividade que sim”? Tudo isso é conteúdo ruim. Mesmo uma notícia nada a ver sobre os artistas de que gosta (Dave Grohl peidou, por exemplo) é um conteúdo ruim. Montagens que criticam aquele artista que você não gosta, embora seja uma vingancinha contra o sistema, também é conteúdo ruim.

Você deve estar falando para si mesmo neste momento: mas eu não gosto e não dou valor a este tipo de conteúdo! Sim, mas somente o fato de comentar, criticar este tipo de conteúdo na internet já dá audiência a este tipo de informação irrelevante. Visite o site Whiplash.Net, por exemplo, para o qual às vezes escrevo, e veja a série de informações irrelevantes que estão no topo das matérias mais acessadas do site. E olha que muitas delas foram feitas por “especialistas”, traduzidas pelos caras do site, hein.

Deixa eu explicar. Se você e todo mundo dá audiência para este tipo de conteúdo, o Google e outros mecanismos de busca entendem que é isso que importa e informações desta (falta de) qualidade sempre estarão no topo. Então, o correto é ignorar o que não contribui para nada na cena cultural, na cena independente, em algo que realmente agregue valor.

Dê valor ao que é seu!

Por outro lado, se em vez destas polêmicas, informações sem sentido, você valorizar blogs culturais, notícias relevantes para a cena, canais no youtube de quem está apresentando material bom de verdade, você contribui para que este conteúdo, que é bom, seja mais bem ranqueado nas ferramentas de busca.

Sacou? Então, amigo, simplesmente ignore conteúdo ruim e comente, compartilhe, divulgue o conteúdo bom. Assim, você faz sua parte para diminuir a exposição de todo lixo cultural que vai parar na curva do rio da internet.

O autor

Fernando Moraes, vocalista da Rota Ventura, é jornalista e diretor da Acesso Livre Comunicação, cujo foco é ação e criação com Marketing de Conteúdo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s