Rota Ventura surpreende no show do aniversário do Motoclube

rota ventura cerveja lançamento

Sabíamos que este show da Rota Ventura no aniversário do Oficina do Rock Motoclube seria especial, só não tínhamos a dimensão do quanto. Teve de tudo, de baixo voador à debandada do palco, quando apenas o baterista – por razões óbvias – ficou no seu posto.

A Rota Ventura subiu ao palco logo depois da banda Oficina do Rock, que levou grandes clássicos com execução impecável de seus músicos e até a participação do pequeno Tonzinho estreando solo nos vocais.

A considerar o público do Motoclube, não deixou de levar clássicos do Rock, de bandas como The Who e Rolling Stones, cuja versão de Gimme Shelter pode ser conferida no vídeo abaixo.

rventura

Também não faltaram homenagens aos grandes astros que se foram recentemente, como Lemmy Kilmister do Motorhead e também David Bowe. Orgasmatron e Heroes foram as músicas escolhidas.

Um dos pontos mais vibrantes da noite foi quando o baixista Cesar Kobayakawa, com um transmissor, foi tocar seu instrumento no meio do público. No auge da loucura, na música Rock and Roll, do Led Zeppelin, fez voar seu contrabaixo em direção ao guitarrista Valdson, que não deixou o monstro de cinco cordas cair e continuou a tocar. A esta altura, somente Victor Silver estava fixo na bateria. Erik, depois Fernando, foram na galera tirar uma onda durante o solo.

Para finalizar a noite com chave de ouro, participação pra lá de especial de Luis Nasche, que tocou com a Lame Old Dogs depois. Nasche impunhou sua gibson para tocar com a banda nossa música Rock and Roll. Em seguida, rolaram juntos a antológica Soundhouse Boogie, da banda Soundhouse, formada há dez anos pelo vocalista Fernando Moraes, Nache, Tom Marques e Jr Spock.

Mas a noite tinha mais. Foi o pré-lançamento do single “Não existem mais heróis”, que será lançado ainda em abril. Por outro lado, a banda lançou sua cerveja artesanal, desenvolvida em parceria com a Hoffen Bier, de Votorantim, com rótulo do Estúdio Limoeiro, assinado pela irmã do vocalista Fernando Moraes, Naiany Moraes.

Depois do show, Fernando Moraes ainda cantou com a Lame Old Dogs em uma participação especial na música Black Night, do Deep Purple

Arte pela paz

O show no Motoclube é uma pequena mostra do que vem por aí. Neste domingo (17/04) a banda se apresenta no distrito Paruru, no festival Arte pela Paz, promovido pela SOS Paruru. Na oportunidade, em que venderão a cerveja Rota Ventura Beer (gelada), a Rota Ventura toca com Fran Moraes e sua banda, entre outros artistas regionais.

Outros eventos virão na sequência. Entre eles, está prevista a segunda edição do festival Circuito Ativo, que reúne bandas como 5prastantas, Mafalda Morfina, Mercúrio Cromo, Jamirulus e Descolados do Mundo. O evento deve acontecer em Santo André, em 21 de maio.

Em tempo, agradecemos a todos que compareceram, o carinho daqueles que vieram de Piedade e outras cidades para ver a gente, bem como os amigos que levaram para a casa o Kit com a Rota Ventura Beer. Lembramos que estes receberão em primeira mão, por e-mail ou whatsapp, o single “Não existem mais herois”.

Ouça Rota Ventura

Todos os sons da banda estão disponíveis no Soundcloud para ouvir ou baixar gratuitamente!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s